Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Un faible degré d'originalité - AKFestival´18

Un faible degré d'originalité - AKFestival´18

Teatro & Arte | Teatro

Teatro Nacional D.MariaII

Sala Estúdio
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2018
jun
06
a
2018
jun
07

Próxima Sessão

06 jun 2018 19:00
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

75 minutos

Promotor

Teatro Nacional D. Maria II E.P.E.

Sinopse

Uma palestra rigorosa, clara e, ainda assim, um pouco emocionante.
____


Conhecido do público de Lisboa por espetáculos como Germinal ou Cheval, o Alkantara traz agora, ao D. Maria II, Antoine Defoort, numa palestra sobre a controversa questão da propriedade intelectual e da criação artística. A palestra será conduzida com grande rigor e fundamentada com documentação e conciliada com algumas divagações temáticas, aludindo mais a uma tarde de domingo passada na companhia de amigos do que a um curso de direito.
A ideia é elaborar um inventário da legislação e da história dos direitos autorais, e criar um brainstorm jocoso sobre os problemas e as implicações sociais dessas questões. Em termos gerais, e para resumir, o objetivo é garantir que a palestra seja: rigorosa, clara e, ainda assim, um pouco emocionante. Deve notar-se que a área de interseção entre essas características é bastante reduzida.

Ficha Artística

Estreia nacional
reflete, faz esquemas e fala em voz alta Antoine Defoort
encarrega-se da produção do projeto e urde planos Marion Le Guerroué e Aline Broyelle
antecipou e resolveu problemas técnicos Robin Mignot
aprovou as ideias Mathilde Maillard
dramaturgou (do verbo dramaturgar) e tergiversou Julie Valero
concebeu e fabricou um púlpito notável Francis Defoort
fez alguma bricolage Sébastien Vial
alimentou a reflexão e colocou em perspetiva Julien Fournet
faz os contratos, as declarações e muitas outras coisas Kevin Deffrennes e Camille Bono
escreveu um artigo sobre a sucessão de Maurice Ravel Irene Inchauspé
apoiou invariavelmente o projeto Ie Vivat
produção lAmicale de production
coprodução Ie Vivat, Le phénix, Centre National de la Danse, BIT Teatergarasjen, CENTQUATRE e Beursschouwburg
apoio PianoFabriek
Espetáculo falado em francês, com legendagem em português e inglês.

Preços

  • Sala Estúdio - 12€

Descontos

  • Dia Q - 4ª feira
  • Dia Q - 5ª feira
  • Grupos (+10 Pessoas)
  • Jovens (até 30 anos)
  • Pessoas c/defic. (acomp.)
  • Pessoas com deficiência
  • Seniores (+ 65 anos)

Transportes Públicos

Metro - Linha Azul (estação Restauradores) / Linha Verde (Rossio)
CP - Estação do Rossio
Autocarros/eléctricos Carris - Restauradores/Praça da Figueira

Estacionamento

Restauradores
Praça da Figueira

Partilhar